Black Friday

Black Friday: ainda há tempo!



Ainda dá tempo de preparar-se para a Black Friday?

Não! Quer dizer, sim! Quer dizer… Você merece um puxão de orelha por deixar tudo para cima da hora. Mas vamos ver o que é possível fazer pela sua loja online para esta Sexta-feira de Black Friday, o dia mais quente do e-commerce no Brasil.

Isso mesmo. De acordo com o relatório Webshoppers¹, da Ebit, só em 2017, a data gerou faturamento de R$ 2,1 bilhões para o e-commerce nacional, alta de 10% em relação ao mesmo período do ano anterior! O número de pedidos cresceu ainda mais e teve aumento de 14%, totalizando quase 4 milhões de vendas.

Impressionante, né? Então vamos lá! Levantei com outros atrasadinhos os principais obstáculos que eles encontraram para fazer o Black Friday e pensei em algumas sugestões simples:

Problema 1 – Não tenho margem de lucro viável nos produtos para dar grandes descontos.

Se você não consegue dar descontos maiores do que os costumeiros, seguem alguns conselhos:

a) Encerre as demais facilidades do site que gerem custos para a loja. Frete grátis, % de desconto na primeira compra, cupons de email marketing… Tudo isso deve ser desativado para viabilizar um maior desconto direto nos produtos. Algumas plataformas de ecommerce, inclusive permitem que você coloque uma margem de lucro também sobre o frete. Mas isto não recomendamos por questões éticas. Poderiamos sugerir também que você negociasse maiores quantidades por menores preços com seu fornecedor, mas acho que não vai dar tempo… Então vamos seguir com o que é viável e correto.

b) Aumente o seu Ticket Medio. Neste caso, a sua margem de lucro não seria calculada pelo Valor do Produto e sim pelo Valor da Transação. Então, sim! Seu cliente vai ter que colocar mais produtos no carrinho. Como fazê-lo?

I. Você pode configurar sua loja para aplicar o desconto somente em compras a partir de “X” reais, ou da quantidade “X” de produtos inseridos no carrinho. Neste caso, não esqueça de inserir na comunicação dos seus posts e anúncios “como aplicar o desconto de Black Friday”.

II. Você pode queimar o preço de um único produto e usá-lo como isca nos seus anúncios. Por exemplo, Você pode dar 70%Off em um produto específico e 20% no resto da loja. Sua comunicação pode focar tanto no produto específico de maior desconto, quanto em “até 70%Off”. Para o cliente, o custo do frete para a aquisição de um único produto não é vantajoso e ele tende a buscar outros itens para acrescentar à compra.

III. Selecione e queime o seu estoque parado! Faça uma seleção de produtos de coleções passadas ou que estão estocados por muito tempo. Mesmo que a margem de lucro com eles não seja boa, não faz sentido mantê-los ocupando espaço físico de estoque! Utilize-os como isca e sua loja ainda ganha um capital de giro, antes estocado.

Problema 2 – As buscas pela minha loja são limitadas e nunca consigo dar escala no Black Friday

A busca do Google responde a uma demanda existente (demanda de quem está procurando um produto). O Black Friday é uma excelente oportunidade para aumentar essa demanda através do Remarketing (ou retargeting, como preferir), tanto no Facebook Ads, quanto no Display do próprio Google Adwords. Lembre-se: durante o ano muita gente chegou até o carrinho mas desistiu da compra por causa do valor final. Este público está esperando que você apresente a oportunidade de fechar essa compra por um preço mais baixo. Para fazer o remarketing, você pode utilizar as Tags/Pixel do Gooogle e Facebook ou mesmo fazer upload das bases de email extraídas da plataforma da sua Loja Online nas respectivas contas de Adwords e Facebook Ads.


Problema 3 – Não tenho tempo para fazer as artes de Facebook e Display, está muito em cima!

Ok, não é o ideal – longe disso. Mas vamos improvisar:

I. O Adwords tem recursos para anúncio de Display que utilizam elementos do seu site para criar um anúncio gráfico responsivo de Display. Você pode também fazer Upload de imagens mais básicas, como sua logo, e complementar os campos de título e descrição do anúncio.

II. No Facebook, você pode reutilizar artes mais antigas da sua fanpage (desde que não sejam datadas) e inserir a comunicação de Black Friday nos campos de texto, título e descrição do post/anúncio.

III. Outra dica, é o garoto propaganda da loja fazer lives no Facebook e Instagram e vídeos para anúncios no Stories. Estes conteúdos podem ser produzidos de forma simples, gravados por um celular; tudo o que o garoto propaganda deve fazer é apresentar a promoção. Caso não haja um garoto propaganda, o dono da loja pode assumir este lugar, apresentando-se no início dos vídeos.

Dicas Extras

a) Abuse na comunicação de termos que insinuem escassez. Deixe claro que os estoques são limitados e use termos como “últimas horas e promoção”, “últimos produtos disponíveis”, “É Agora ou Nunca”.

b) Prorrogue a promoção de Black Friday no sábado e domingo. Você pode realizar também um Cyber Monday na segunda.

c) Planeje um conteúdo para postar nas suas redes sociais pós Black Friday, mostrando que as vendas foram um sucesso e que os estoques esgotaram.

Boas vendas!

[1] – https://www.ebit.com.br/webshoppers


Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.