Definição buyer persona - Consultoria em Marketing Digital

Como definir uma buyer persona


Por bastante tempo, a lógica do Marketing tradicional estabelecia que, quanto mais pessoas você alcançava, maiores seriam as oportunidades de venda. No entanto, o advento da internet e do Inbound Marketing chamou atenção para a importância da segmentação de mercado.

Em vez de gritar para a multidão, é preciso saber quem quer ouvi-lo e quem você quer alcançar. Foi assim que o conceito de buyer persona se tornou um mantra no meio corporativo.

Apesar de sua reconhecida importância, ainda existem empreendedores que pensam que trabalhar com personas é algo restrito às grandes empresas, e que seu desenvolvimento é inalcançável para quem toca uma PME. Na verdade, a criação de personas é capaz de impulsionar as vendas de qualquer tipo de negócio.

A definição da buyer persona ajuda a entender e visualizar o comportamento do seu público comprador e permite uma segmentação mais precisa nas suas campanhas do Facebook e Instagram.

Pensando nisso, preparamos um passo a passo de como definir uma buyer persona para a sua empresa. Confira!

O que é buyer persona?

Buyer persona é a representação semifictícia do seu cliente ideal. Esta ferramenta indica não apenas informações demográficas do seu consumidor, mas também os seus hábitos, dores e interesses.

E o que isso significa? Significa que você será capaz de elaborar estratégias de Marketing mais assertivas, que realmente conversem com as necessidades de quem está mais propenso a se interessar pelo que você oferece.

Passos para criar sua buyer persona

Só o conhecimento empírico do seu cliente não basta, mesmo para quem administra uma pequena empresa. Uma buyer persona deve ser criada a partir de uma série de pesquisas reais com clientes e até mesmo potenciais clientes. Explicamos melhor em quatro passos:

Coleta de dados

A primeira e principal etapa para a criação da sua persona é a coleta de dados, ou seja, a pesquisa de campo com os clientes.

Um fator fundamental para a eficácia da coleta de dados é fazer as perguntas certas. Os tópicos mais relevantes para serem explorados são:

  • Dados demográficos: qual sua cidade/idade/escolaridade?
  • Informações pessoais: como é sua rotina? Quais são seus desafios/objetivos?
  • Consumo de conteúdo: quais redes sociais você utiliza? Quais assuntos você acompanha?
  • Hábitos de compra: onde você costuma comprar? O que te trouxe até nossa empresa?

Análise das informações

A partir da coleta, o passo seguinte é identificar padrões ou tendências nas respostas. São basicamente eles que vão ditar a descrição da sua persona.

Estruturação da persona

Ao elaborar a buyer persona, estruture-a como se fosse de fato um ser humano, com nome próprio, um rosto e um comportamento baseado nos padrões que você identificou.

Compartilhando com a equipe

Não menos importante, o resultado deve ser compartilhado com o seu time de Marketing, de forma que as próximas campanhas sejam estruturadas de acordo com a sua persona.

Assim, não apenas será possível readequar sua estratégia de Marketing de Conteúdo, mas também direcionar seus anúncios pagos a um público mais segmentado, com maior aderência ao que você oferece e que, naturalmente, vai gerar mais conversão e vendas.

Gostou das dicas? Agora que você já sabe como definir sua buyer persona, que tal solicitar uma Consultoria de Facebook Ads e começar a colocar a mão na massa?!


Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.