fórmula de lançamento 2.0

Os erros mais cometidos em lançamentos digitais


Anos para desenvolver um produto; mais alguns meses para aperfeiçoá-lo; investimento em um lançamento digital e… Prejuízo. 💣

Você não precisa passar por isso. A vantagem de não ser pioneiro em uma estratégia de vendas é ser possível aprender – e não repetir – com os erros e esforços de outra pessoa.

Já ouviu falar em algo parecido com “quem não conhece o passado está condenado a repeti-lo”? Não sei se a frase é exatamente essa, mas esse conceito diz muito sobre a necessidade de se aprender com experiências anteriores.

Não estamos falando que originalidade não é importante. A questão é que você precisa se preparar. Ignorar alguns conhecimentos já consolidados pode levar o seu lançamento ao fracasso.

É sobre esse tema que vamos tratar neste post. Continue conosco, que explicaremos direitinho os erros mais frequentes em lançamentos de produtos na internet.

O que é um Lançamento Digital

Há anos atrás, um americano chamado Jeff Walker fez um apanhado de estratégias consagradas de Marketing Digital e criou uma “receita de bolo”, para ensinar produtores de conteúdo a monetizarem seu trabalho. Estava criada a “Fórmula de Lançamento”. O curioso, é que o próprio Jeff utilizava as técnicas da Fórmula para vender sua receita.

Sucesso absoluto nos Estados Unidos, a Fórmula de Lançamento abriu franquias ao redor do mundo e, no caso do Brasil, foi disseminada por um publicitário brasiliense chamado Érico Rocha.

Resumindo: lançamento digital é uma estratégia de vendas com data de início e de fim, baseada na construção de listas, marketing direto, copys persuasivas e gatilhos mentais, que ficou se popularizou no Brasil através do curso “Fórmula de Lançamento”.

f de lançamento

Os erros mais cometidos em Lançamentos

A seguir, listaremos os erros mais frequentes em lançamentos de produtos na internet. Se quiser saber mais e conhecer todos os tipos de Lançamento Digital, escrevemos um passo a passo completo para aplicação da Fórmula de Lançamento.

Não definir um nicho

Entenda que você é mais um, mas não seja mais um. Ao mesmo tempo que a internet democratiza o acesso à publicidade de massa, ela globaliza a concorrência. Se não bastassem milhares de vendedores concorrentes, a internet é inundada de conteúdo gratuito de todo tipo de qualidade. Por isso, nunca pense que seu produto vai atender a todos.

Existem diversos perfis de consumidores, cada um com uma necessidade de consumo diferente. Aliás, é isso que você tem que ser: diferente.

Quanto mais específica for sua comunicação e mais personalizada for sua solução, mais você se diferenciará. Pense conosco qual produto é mais fácil de vender: um curso de culinária ou um curso de crudivorismo (culinária com alimentos vivos)? A não ser que você seja a Ana Maria Braga, acho que você concorda conosco.

No caso do crudivorismo, você vai atuar em uma lacuna com poucos players. O público mais específico vai permitir que você concentre e otimize muito mais os seus esforços para oferecer um produto único e adaptado o seu público, tão peculiar.

Desta forma, você agrega valor ao ser “muito mais do que um curso de culinária”; gera autoridade, porque se apresenta como um especialista em um tipo de conteúdo raro; torna sua solução mais prática sob o olhar do cliente, já que sua comunicação poderá ilustrar como a sua solução seria aplicada no cotidiano do cliente.

Como escolher nicho

Nichar demais

Hoje vamos abusar das frases famosas. Já ouviu falar que “água demais mata a planta”?

Ou que “a diferença entre o remédio e o veneno é a dose”?

Pois é. Todo exagero traz consigo um desligamento do bom senso. Se você nichar demais o seu público, pode ser que não o encontrem ou pior: que ele não exista.

Então faça uma pesquisa de mercado, dê uma olhada nas possíveis segmentações oferecidas pelo Facebook Ads; use o Google Keyword Planner e o Google Trends para entender o volume de pesquisas do seu nicho.

Não definir as personas

Para falar com o seu público, é necessário encontrá-lo antes. Para saber quem é e onde estão seus potenciais clientes, é necessário definir quem são suas personas.

O que é “persona”

O conceito de persona veio para substituir o de público-alvo, atualmente considerado vago demais para os canais digitais.

Cada persona ilustra e situa um perfil de consumidor ideal. Quando um produto tem mais de um perfil de consumidor diferente, também é necessária a criação de mais de uma persona.

Como definir persona

Como definir uma persona

Nós acreditamos no seu feeling,  mas acredite também: trabalhar com dados é fundamental. Por isso, faça pesquisas.

Se você já tem seu público com quem se relaciona, utilize o Whatsapp ou email para enviar um questionário; faça enquetes em no seu site e nas redes sociais.

Se você ainda não tem um público, utilize dados de terceiros e ferramentas de insight, como o Facebook Audience Insights.

Não organizar seu material

Nada de fazer tudo de qualquer jeito. No início do projeto, pode parecer ser viável fazer “de cabeça”mas, por favor, coloque tudo no papel. Reúna todas as informações em um mesmo lugar. Além de garantir que nada seja perdido, lembre-se que você talvez precisará de ajuda no seu projeto e terá que apresentá-lo a outras pessoas.

É claro que você não precisa usar papel físico. A seguir, vamos listar as duas ferramentas que sempre utilizamos na organização dos nossos projetos.

Ferramentas para organização

Google Docs

O Google Docs dispensa apresentações. Destaque para as planilhas online, que podem ser editadas por várias pessoas simultaneamente. É grátis.

Trello

No trello é possível atribuir tarefas a usuários específicos e definir datas de entrega. É excelente para o acompanhamento do andamento de projetos. É possível integrá-la ao Google Calendar. Há outras soluções parecidas, como o Basecamp, Asana e Slack.

 

Não coletar Leads

Lançar seu produto sem antes construir uma lista de leads é o pior erro que você pode cometer. Você ficará completamente refém dos gastos em mídia de Facebook Ads e Google Ads e pode acabar tendo prejuízo (ROI negativo).

Então não se esqueça: Antes de iniciar um lançamento, crie uma lista de emails, através da coleta de Leads.

Crie um conteúdo rico, que tenha relação com as dores do seu público e que te posicione como autoridade no assunto. Ofereça o download gratuito, em troca de informações de nome e e-mail.

email marketing para lançamento digital

Menosprezar o email marketing

Você acha que o e-mail está ultrapassado? Pois saiba que você está errado. Nem que seja para funções administrativas, como confirmar um login ou receber o boleto de uma conta, a maioria de pessoas que consome na Internet ainda abre seus emails com frequência.

O email é a forma mais eficiente e barata para comunicar-se de forma direta e recorrente com seu público. Uma boa plataforma de email marketing permite mensurar quantas pessoas receberam os emails, quantas abriram e quantas clicaram nos links contidos no neles. A partir destes dados, é possível mensurar e otimizar a eficiência dos seus e-mails.

Dica 1: Capriche na copy do seu e-mail!

Dica 2: Faça testes A/B modificando títulos e compare as taxas de abertura para otimizar seu disparo de e-mail.

relationship marketing

Não se relacionar com o público

Facebook, Instagram, Twitter e muitos Stories. São as ferramentas que você precisa para impactar seu público diariamente e gerar autoridade. As lives também são uma ótima forma de conectar-se com seus clientes com um alcance orgânico considerável.

PPC Facebook Ads, Google Ads

Não fazer tráfego pago

O tráfego pago é fundamental para dar escala aos resultados. Comprando mídia de Facebook Ads e Google Ads, é possível alcançar muita gente em muito pouco tempo.

Tráfego pago nas campanhas de leads

Gaste de 70% a 90% da sua verba de mídia para gerar sua lista. Lembre-se: é mais fácil vender para quem consome seu material gratuito e lê seus emails do que para quem simplesmente viu um anúncio com botão de comprar agora. Mas utilize tráfego pago também na etapa de venda!

Tráfego pago na etapa de venda

Não adianta tentar gerar autoridade através de um único anúncio. Por isso, na etapa de vendas, direcione a verba dos seus anúncios para o público de Remarketing. Este público já foi impactado por você anteriormente e tem mais chances de comprar o seu produto. Já que listas de remarketing delimitam muito o seu alcance, você não precisará de investir muito em mídia nesta etapa.

Jamais use o botão de impulsionar posts

Muitos caem nessa armadilha do Facebook, que sempre rende likes mas dificilmente são revertidos em venda. Temos um artigo que explica direitinho por que você não deve impulsionar posts.

campanhas de tráfego pago

Não validar o produto

De nada vale um mega esforço de venda, se o seu produto não tem aceitação.

A forma mais fácil de validar o seu produto e verificar a aceitação do público é oferecendo a um grupo de pessoas sem custo, em troca de um avaliação honesta.

Também é importante validar sua oferta. Se você já tem uma lista de leads, mesmo que antigos, utilize-a para testar a resposta à sua oferta. Em “Lançamento Semente” explicamos direitinho como fazer isso. Se você conseguir vender para uma lista “fria”, imagina para a lista quente, que você captará em breve! Mas fique atento também às outras métricas (taxa de abertura e clique do email) para entender quais etapas você pode otimizar.

Não antecipar-se às objeções

Insira na sua oferta gatilhos que contornem as possíveis objeções do seu público no momento da compra. Coloque também algum tipo de garantia, como devolução do dinheiro caso não fique satisfeito.

Objeções de compra

É necessário tempo para estruturar o lançamento, produzir conteúdo e esperar que o seu público passe por todas as etapas do seu funil de e-mail antes de iniciar uma abordagem de venda. Forçar uma antecipação das etapas e encurtar o funil pode estragar sua estratégia.

Insistir no mesmo lançamento sempre

Toda ação de marketing satura. Por isso é importante limitar cada lançamento a no máximo 7 dias  de venda, além de variar os tipos de lançamento. O ideal é que você comece pelo lançamento semente e evolua até chegar no Lançamento Espartano, onde é possível cobrar até 10x o valor original do seu produto.

f de lançamento

Agência de Marketing Especializada no Fórmula de Lançamento

Não é fácil desenvolver um produto e ao mesmo tempo ter que aprender técnicas avançadas de marketing digital.

A Acelera Performance tem profissionais especializados em estratégias de lançamento e pode te ajudar com consultoria, indicação de ferramentas e profissionais adequados e até mesmo executando seu lançamento digital.

Entre em contato conosco e marque uma conversa!


Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.