A Importância do Google no Marketing


Se você utiliza a Internet como uma ferramenta de negócios, com certeza o Google é um dos seus principais canais de Marketing. Tanto a busca orgânica (gratuita) quanto a busca paga (PPC) são utilizados como ferramentas pelos seus consumidores. É sobre o poder do Google, o quanto ele ajuda pessoas e empresas é que vamos tratar neste blogpost.

Por que não dá para manipular o Google?

Com a infinidade de conteúdo de todo tipo no Google, fica cada vez mais claro que o principal diferencial de uma estratégia de conteúdo não é a qualidade de um texto, e sim a forma como ele se apresenta. Com isso, quero dizer que um determinado conteúdo, exibido para o público certo, na hora certa, é muito mais eficaz do que um super texto, que nunca será encontrado, ou que não consegue atuar no momento de uma dúvida do usuário.

Como sabemos, o Google virou a potência que é pela sua capacidade de indexar conteúdo de forma eficiente. Outras ferramentas de busca tiveram um pioneirismo maior, mas seus critérios de rankeamento e entrega de conteúdo eram facilmente manipuláveis – e frequentemente manipulados.

Assim destacou-se o Google. Os critérios adotados e a tecnologia de algorítimos utilizados pela plataforma evoluíram de tal forma que hoje permitem que seja entregue de fato o conteúdo certo (não obrigatoriamente o melhor conteúdo) para o público certo, praticamente livre de manipulações. Entenda essas manipulações no nosso artigo sobre blackhats.

Se antes as estratégias propunham burlar os buscadores para ganhar mais exposição, sem muito critério de segmentação, hoje a lógica é a inversa. Ser honesto e seguir as melhores práticas de SEO Google para otimização do conteúdo tendem a gerar os melhores resultados. Ou seja: um conteúdo melhor compreendido pelo Google consegue uma melhor indexação e, consequentemente, é entregue de forma mais eficiente (na hora certa para o público certo).

O Google é o canal de Marketing mais eficiente

O conteúdo apresentado na busca do Google consegue ser tão relevante porque, ao contrário dos outros canais, ele não é “empurrado” ao usuário. Pelo contrário, o internauta, em um momento de dor, utiliza o Google como uma ferramenta para resolver um problema. Na maioria das vezes, de fato o Google resolve – ou é decisivo para uma resolução. É dessa reconhecida eficiência que vem a autoridade dos resultados da busca Google.

Além de operar com público de topo de funil, ao tirar dúvidas e propor soluções, a busca do Google também opera com públicos ainda mais relevantes: os de fundo de funil. Estes já sabem o que querem, e só estão comparando preços e procurando onde consumir.

Google Ads para Topo de Funil

Para alcançar as pessoas certas e entregar o conteúdo correto para cada usuário, é preciso estabelecer uma correlação entre o que público busca e o que você oferece. Se o público está tentando tirar uma dúvida na busca, você deve oferecer um conteúdo informativo preliminar. Junto a este conteúdo, deve haver algum material de conteúdo rico, que traga as respostas para aquela dúvida, para ser baixado em troca de um e-mail. Desta forma, é possível introduzir este usuário no topo do seu funil se marketing, através da coleta de dados (geração de leads).

Google Ads para Fundo de Funil

O público que procura por um produto ou serviço já é considerado de “fundo de funil”. Este público não precisa receber tanto conteúdo. Neste caso, não é aconselhável encaminhá-lo para um blog nem coletar os seus dados, e sim levá-lo a uma landing page, com uma oferta irresistível.

Não basta alcançar, tem que converter

Para criar uma oferta irresistível, é necessário entender e aplicar algumas técnicas de copywriting., que listaremos a seguir:

  1. Conte uma história: retenha atenção e envolva seu público contando uma trajetória de superação, de quem sofria com as mesmas dores do seu público, até conseguir uma solução;
  2. Use gatilhos mentais: demonstre autoridade no assunto e estimule os sentimentos de exclusividade e escassez;
  3. Antecipe-se a objeções: Sua oferta já deve prever as principais razões para uma possível recusa do seu público.
  4. Ofereça garantia de satisfação: Ofereça um período de teste ou uma garantia de devolução do dinheiro, caso seu cliente não fique satisfeito.
  5. Ofereça um bônus grátis: Faça seu público perceber que está levando mais coisas do que está comprando.

Redes Sociais geram mais exposição que Google

As redes sociais apresentam-se mais eficientes para gerar relacionamento e atuar nas etapas mais introdutórias de um funil de vendas, como no reconhecimento de uma marca e na apresentação de um produto. Com impressões mais baratas, recursos de imagem e interação, elas permitem que sua marca fique em constante contato com seus clientes.

Mas não é só de topo de funil que vivem as redes sociais. Para fundo de funil, campanhas de remarketing no Facebook e Instagram são muito efetivas. Esta estratégia consiste em re-impactar o seu público de acordo com o comportamento que ele teve no seu site.

Google Ads ou Facebook Ads: onde é melhor anunciar

Sem dúvidas, a resposta é: nos dois ao mesmo tempo. As mídias da sua empresa devem trabalhar em conjunto para criar um ciclo virtuoso. Em uma boa estratégia, tanto as campanhas de Facebook Ads quanto as de Google Ads exercem complementares. Neste artigo explicamos melhor sobre venda assistida, modelo de atribuição e janela de conversão, explicamos um pouco mais sobre isso.


Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.