SEO imagens

Como Otimizar Imagens Para SEO


Se você sabe o que é Search Engine Optimization (SEO), sabe o quanto é importante para um website quando o assunto é tráfego orgânico. Muitas pessoas otimizam de forma correta seus sites, porém acabam esquecendo de otimizar as imagens para o Google. Com isso podem estar perdendo diversas vantagens competitivas incluindo tráfego orgânico. Aprenda tudo sobre Otimização de Imagens para o Google (SEO para Imagens).

Aprenda também a otimizar vídeos para SEO.

Por que Otimizar as Imagens para SEO?

É de extrema importância para qualquer site que deseja ter tráfego orgânico ter suas imagens otimizadas para os usuários e para os mecanismos de busca. Otimizar seus arquivos de mídia é o básico para qualquer projeto decolar nas Serps e atingir as primeiras posições.

A principal dúvida sobre o assunto é: quais as vantagens de se otimizar as imagens para o Google? bom, são vários os benefícios mas o principal deles é a obtenção de tráfego através das imagens.

Mas como as imagens podem enviar tráfego para um site? quando se pesquisa por uma imagem no google, ela é exibida em um tamanho padrão. Caso o usuário queira vê-la em seu tamanho completo deverá acessar o site; dessa forma o buscador envia o usuário diretamente para a página onde a imagem está, isto é, envia tráfego para o site.

Maior Engajamento e Exposição

Os benefícios em trabalhar a otimização de imagens com SEO não param por ai. As imagens são responsáveis por um maior engajamento nos artigos, cerca de 6 vezes a mais em comparação com artigos sem imagens. Quando um conteúdo é mais engajado, isso aumenta muito as chances dele se tornar um conteúdo viral. Se o seu conteúdo se tornar viral, seu site será mais conhecido e terá mais acessos. Uma imagem bem otimizada trará excelentes resultados para o seu projeto.

Site Rápido

Hoje em dia ter um site rápido é essencial para obtenção de tráfego orgânico através do Google. Isso só é possível se suas imagens estiverem otimizadas e leves. Existem websites que não se importam com essa questão e sofrem com uma demora no carregamento de suas páginas. Se o seu site leva mais do que 2 segundos para carregar provavelmente ele está deixando de receber tráfego e entregar resultados.

Quando se tem imagens leves e otimizadas, a página do site carrega mais rápido. Dessa forma entrega mais rapidamente o conteúdo e acaba melhorando a experiência do usuário. Esse fato  aos olhos do Google é muito importante para qualquer projeto. Quando se otimiza as imagens para SEO indiretamente ajuda em uma melhora nas posições do Google.

Agora que você viu algumas das vantagens em otimizar imagens para SEO, iremos lhe ensinar através de um passo a passo como você pode realizar essas otimizações, confira:

Como Otimizar as Imagens para SEO

Lembrando que antes de usar qualquer imagem você deverá ter os direitos de uso das imagens. Dessa forma você evita futuros problemas e cobranças dos donos dessas imagens. Os você poderá adquirir direitos de uso de uma imagem comprando a imagem ou através da autorização do autor. Entretanto, não se desespere, é possível usar imagens gratuitas na internet através de bancos de imagens free.

Otimizar Imagens para o Google não é um bicho de sete cabeças, mas é necessário um pouco de atenção para alguns detalhes. Estes detalhe serão cruciais para um melhor ranqueamento das imagens no buscador, o primeiro detalhe é:

1- Nome da Imagem

O nome da imagem em seu computador, será o nome que ela terá quando você coloca-la numa página web. Normalmente quando você pega de alguma fonte da internet, celular ou câmera, as imagens tem nomes estranhos. Caso você as coloque dessa forma no site, o robô do Google responsável pela “análise” do seu site não saberá identificar sobre o que é aquela imagem. Por isso esse é um ponto importante na otimização de imagens para SEO. Edite o nome de sua imagem de acordo com o artigo em questão, um exemplo de nome de imagem de um celular:

celular-iphone-xs-max ou iphone-xs-max

Normalmente você poderá usar uma palavra-chave específica no nome da imagem para enriquecer o conteúdo. No exemplo de cima seria ideal para um artigo sobre iPhones que tenha na foto o i iPhone XS Max. Poderia também ser um artigo de celulares, comparativos e por ai vai.

Para realizar a otimização da imagem é simples, em seu computador, faça o passo a passo:

  1. Clique com o botão direito sobre a imagem desejada
  2. Vá até a opção “renomear”
  3. Coloque o nome de acordo com o que a imagem representa e com o contexto do conteúdo em que ela está

Feito, o primeiro passo da otimização de imagens está concluído.

2- Legenda da Imagem

É muito importante que a imagem tenha uma legenda. A legenda fará o leitor a entender o que a imagem mostra e indiretamente causa um engajamento maior. Além disso, o Crawler do Google (Robô) também usa as legendas das imagens para coletar informações e entender do que se trata.

Não é necessário sempre colocar legendas em todas as fotos.Contudo, quando quiser ranquear ou dar um destaque maior para determinada foto, é interessante usar esse recurso.

Existem alguns cuidados para se ter antes de colocar legendas nas fotos. Procure inserir informações que ajudem o usuário e o robô do Google a entenderem do que a imagem se trata. Se possível, adicione a palavra-chave específica que deseja ranquear, também é interessante que as legendas complementem o artigo em questão.

3- Texto Alt e Título

Para que uma imagem ranqueie bem no Google Imagens, é necessário que ela tenha um bom texto alternativo e um título correto. Esses dados serão exibidos sempre que a imagem não carregar. Esses são dois fatores de ranqueamento que irão ajudar sua imagem a ranquear melhor.

É muito importante lembrar de não usar o mesmo texto em ambos os campos. Trabalhe as variações da sua palavra-chave principal de forma que não ultrapasse 6 palavras e 120 caracteres.

No WordPress é possível editar o Texto Alternativo e o Título quando for adicionar a imagem.

o Alt Text também ajuda pessoas com deficiência visual que usam equipamentos com leitores de tela a entender o conteúdo.

Esses fatores também são importantes para o Robô do Google entender do que se trata a imagem.

4- Posicionamento da Imagem

A posição em que uma imagem está inserida dentro do artigo é muito importante para ajudar no contexto do assunto. O conteúdo próximo a imagem ajuda a fornecer mais informações e contextualizar a imagem com o texto.

Para que uma imagem ranqueie melhor no Google, uma boa dica é deixa-la próxima ao topo da página. Essas imagens tendem a ter melhores resultados pela ordem de relevância. Tudo que está no começo do conteúdo tem uma “prioridade” maior, por isso é importante deixar a imagem com maior relevância no topo do artigo. Dessa forma ela terá um impacto maior no ranqueamento e irá ajudar no fortalecimento da palavra-chave que você irá focar.

5- Contexto da Imagem

O Google diz que um dos fatores para SEO em imagens é o contexto em que elas são usadas. A figura deve ser adicionada no artigo em uma parte que ela é relevante pois o robô do Google usa todo o conteúdo próximo da imagem para contextualizar e compreender sobre do que ela se trata.

Por exemplo, se estiver falando sobre melhores teclados mecânicos é interessante colocar uma foto de um para poder contextualizar.

6- Texto na Imagem

Não é recomendado a inserção de uma grande quantidade de texto dentro de uma imagem. Segundo o Google, o Crawler não consegue ler o conteúdo e por conta disso o que está escrito é inutilizado pensando no ranqueamento. Isto é, uma vez que o texto estará visível apenas para o usuário.

Outro detalhe importante é que o texto da imagem não estará disponível para as ferramentas de tradução automática do Google. Isso pode afetar negativamente a acessibilidade e experiência do usuário e acaba prejudicando o ranqueamento da página.

O Google recomenda que todo o texto relevante esteja em HTML, dessa forma o Crawler consegue “ler” as imagens.

7- Tamanho do Arquivo da Imagem

Tamanho da imagem influencia e muito no carregamento de um site, é um dos principais pontos da otimização. Se as imagens estão leves o site carrega mais rápido pois terá que carregar menos informações. Quanto mais lenta for uma página pior é o seu ranqueamento, logo se entende a importância de se ter uma imagem leve e otimizada.

Atualmente na internet existem ferramentas gratuitas capazes de reduzir o tamanho do arquivo de suas imagens, confira algumas:

Para usar a ferramenta Squoosh é muito simples, basta arrastar a imagem para a tela do site ou ir até o arquivo da imagem clicando em “select an image.

Para usar o Tiny JPG sem perder a qualidade das imagens siga o passo a passo. Você poderá fazer isso com um número máximo de 20 imagens por vez e o tamanho delas não pode passar de 5 MB Cada.

  1. Acesse o site do Tiny JPG
  2. Selecione todas as imagens que deseja reduzir o tamanho
  3. A Ferramenta irá compactar todas e mostrar quanto foi reduzido do tamanho de cada imagem.

8- Formato da Imagem

É Importante escolher um formato de imagem adequado para o Google. Nem todos os formatos são aceitos, você poderá usar os formatos (PNG, JPEG, MBP, GIF, WebP, SVG e imagens in-line).

Dentre esses formatos indicamos imagens no formato WebP, são ultra leves em comparação as demais.

9- Endereço da Imagem

O Endereço da Imagem ou URL é importante. Quando está bem otimizada pode ajudar em diversos fatores importantes incluindo o ranqueamento. Organize a URL de seus arquivos de mídia de forma lógica para comunicar ao robô que aquilo é uma imagem específica e qual o conteúdo dela.

10- Engajamento da Imagem

É recomendado usar imagens originais ou com um diferencial. Isso causa uma maior taxa de cliques em sua imagem e informa ao robô do Google que a sua imagem é relevante.

Ao fazer uma imagem realmente impactante e otimiza-la com SEO é possível que ela irá gerar um maior engajamento e ranqueamento.

11- Relevância da Imagem

Apesar dos grandes avanços da Inteligência Artificial, são poucos os robôs que conseguem de fato “ler” uma foto. Porém o algoritmo do Google Imagens consegue fazer uma busca “visual” para identificar se determinada imagem condiz com o assunto. Por isso é importante usar apenas imagens relevantes para o assunto; se estiver falando sobre celulares, use a imagem de um iPhone, e por ai vai.

12- Compartilhamentos da Imagem

Imagens com maior número de compartilhamentos tendem a ser melhores ranqueadas no Google.

O número de vezes em que a mídia é reproduzida em outros sites via embed influencia em seu ranqueamento. Embed é uma tag HTML que permite que a imagem, vídeo ou música de um site sejam incorporados em outro. Quanto mais vezes isso ocorre melhor é o ranqueamento.

13- Imagens Responsivas

O Google sempre valorizou a questão de responsividade e agora é praticamente obrigatório para quem deseja ter bons resultados. Com o Mobile First é necessário ter sites responsivos, imagens, anúncios, etc. Isso porque o buscador usa a versão do mobile para exibir os melhores resultados.

Atualmente a internet é acessada em sua grande maioria através de dispositivos móveis, por conta disso ter imagens responsivas é importante. Se o seu site não é responsivo considere resolver esse problema o quanto antes.

Caso você use alguma versão do WordPress superior a 4.4 não se preocupe, ele exibe imagens responsivas por padrão.

14- Dimensões

O Google favorece imagens retangulares em proporções perto de 1366 x 768 (16:9) ou 720 x 480 (4:3). Essas proporções também são usadas no Youtube e em Vídeos, TV’s, Cinemas.

Essa imagens com essas proporções tendem a ranquear melhor do que imagens fora do padrão, por exemplo imagens muito verticais ou muito horizontais.

15- Metadados

Metadados são informações que ficam “escondidas” nas imagens, essas informações são geradas pelo dispositivo que capturou a imagem. Uma câmera.por exemplo, guarda informações como tempo de exposição, se foi usado flash no momento da foto, tamanho da abertura do obturador dentre outras informações.

Uma Imagem com muitos metadados escondidos acaba ficando pesada e por essa razão é importante limpar essas informações irrelevantes. Dessa forma é possível diminuir o tamanho da imagem e aumentar o tempo de carregamento da mesma.

Para limpar os metadados de uma imagem é simples?

  • basta clicar com o botão direito do mouse em cima da imagem desejada e ir até propriedades
  • em seguida vá até “detalhes” e procure a opção “remover propriedades e informações pessoais”
  • selecione todos os arquivos e clique em em ok

Com isso é possível reduzir consideravelmente o tamanho de uma imagem o que é muito benéfico para SEO.

16- Dados Estruturados

A Busca para os usuários no Google é otimizada pelo sistema de dados estruturados, esse sistema cria selos de destaque.  Ao criar um artigo que tenha um dos temas compatíveis com os selos do Google (Produtos, Receitas e Vídeos) você poderá usar os dados estruturados nas imagens e elas ganharão o selo e serão indicadas para os usuários.

Se a sua imagem estiver relacionada a um desses 3 assuntos, você poderá usar os dados estruturados para receber um destaque e ter sua imagem melhor ranqueada.

Por exemplo, já fez alguma busca de uma receita específica e a foto da receita apareceu junto aos resultados do Google? então, esses são os dados estruturados. Com essa imagemm as chances do usuário entrar no seu artigo são maiores pois a foto estará indicando exatamente o que o usuário procura.

17- Sitemap das Imagens

Semelhante as páginas de um site é importante que se crie um Sitemap de imagens. É uma ferramenta muito importante para o SEO de qualquer página pois ele indica pra o Crawler do Google como ele deverá ler o conteúdo de seu site.

O Google recomenda que se crie um Sitemap para imagens pois facilita o trabalho do Crawler a achar os arquivos de mídia.

Para fazer a criação do Sitemap de imagens você pode entrar no suporte do google.

18- Além das Imagens

O Algorítimo do Google beneficia sites que sejam otimizados no geral. Ter um site bem otimizado irá trazer ótimos resultados em todas as áreas.  Isso também irá beneficiar o desempenho das imagens no Google Imagens. Se a sua página for bem otimizada ela já irá aparecer no Google e as chances são que as imagens dela também irão ranquear bem no Google Imagens.

Conclusão

Otimizar as imagens para os mecanismos de busca sem dúvida é uma ótima estratégia de SEO e irá trazer incríveis resultados para o seu site. Através da otimização, é possível alcançar melhores resultados nas pesquisas de imagens. Por conseguinte, recebendo maior número de tráfego através das imagens.

Além disso tudo, a otimização dos sites ajuda em um ranqueamento geral do seu site. Isso porque imagens bem otimizadas são leves e não atrapalham no carregamento rápido de seu site. Dessa forma diminuindo a taxa de rejeição de seu site e melhorando a experiência do usuário.

Apenas imagens bem otimizadas são exibidas no Google. Isso porque o Robô do Google consegue identificar exatamente do que a imagem se trata e entende que é uma boa imagem para se exibir no resultados.


Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.